quarta-feira, 13 de agosto de 2008

seems almost impossible

Sou tão superficial que faço o Metro de Almada parecer o Metro de Lisboa.

7 comentários:

Anónimo disse...

Eu teria dito ao contrário.

O Man

El Mariachi disse...

O provincianismo reside, precisamente, em comentários deste estilo.

Já não há provincianos em Freixo de Espada à Cinta ou Carrazeda de Montenegro. Os REAIS provincianos vestem-se como se fossem para um concerto do Tony Carreira para ir ao Bairro Alto e ao Incógnito!

Anónimo disse...

mariachis->mexico->deserto->margem sul.

faz sentido.

(possivelmente o passo seguinte podia ser: -> worten)

Evil Genius disse...

Ainda bem que vestem: eu não ia querer ver um provinciano nú no Bairro alto ou no Incógnito...

Anónimo disse...

Não confundas provinciano com suburbano.

O Man

El Mariachi disse...

Às vezes tenho pena que o Areeiro não o seja...
... era só acrescentar uma piscina de ondas e não tínhamos de levar com os bósnios!

Por outro lado, se um Colombo, um Vasco da Gama e um Alegro não resolveram a coisa...

E essa de morar em Massamá, Odivelas, Telheiras, Olivais ou Algés e apelidar os outros de suburbanos é bem catita, pá, faz-me assim tipo lembrar o Portas a chamar bichona ao Cláudio Ramos!

R2D2 disse...

Mariachi,
Eu percebo que visto do Cristo Rei, Odivelas, Algés, Massamá, Telheiras ou Olivais pareça tudo a mesma coisa, percebo mesmo, a sério!