segunda-feira, 30 de novembro de 2009

o quam mirabilis est

Se o Hitler fosse gourmet, metia judeus no forno com castanhas ou recheava-os com farinheira.

12 comentários:

o anti-Otário disse...

O Otário deve tar doente, senão já tinha deixado aqui mais uma das suas brilhantes queixinhas de donzela ofendida...

Anónimo disse...

anti-Otário,

ahahahah!
(deve estar de fds prolongado)

Anónimo disse...

rapaz, se não sabes ainda vais aprender, tudo, tudo na vida tem limites, até as tentativas cretinas de fazer humor.

josé quitério disse...

péssima guarnição.

Otário disse...

por acaso tenho andado ocupado.
tenho uma vida.

joao disse...

tás numa semana muito boa juvenal !!

e caga pa estes paneleiros judeus ofendidos !!

Anónimo disse...

não há limites para o humor, ainda para mais num blog pessoal. só lê quem quer, quem não gosta tem bom remédio. Dá-lhe juvenal

Diz que disse...

Falando em "tentativas cretinas de fazer humor", lembrei-me de uma espectacular:

Pergunta: qual é a diferença entre o Papa João Paulo II e a pequena Madeleine?

Resposta: o Papa morreu virgem.

Otário disse...

ahhahahah

alvex disse...

Se o Hitler fosse gourmet, tornava-se bulímico de comer tantas torradas judias.

pdah disse...

castañhas? muit batido. neste momento fica bem um sorveted e sangria com espuma de coco.

Saraiva-Man disse...

...e se gostasse de nouvelle cousine, matava-os para tirar só um micro-pedaço de carne ali do pernil, colocava num prato GIGANTE e esguichava um pouco de sangue ao lado para dar "aquele efeito".