segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

check out time

A função pública e a Fernanda Serrano deviam portar-se como uns homenzinhos e acabar com a mama.

2 comentários:

caramela disse...

ahahahahah!
eu não me devia rir com isto, pá!

Gárgula disse...

mas qual é a tua parónia com a serrano? ela não sai daí, é?