quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

eye

Nunca tomar nada como garantido. A não ser o broche no elevador quando se namora uma anã.

2 comentários:

anjoazul disse...

hey...essa teve inspiraçao!

Esparsa disse...

Eu tenho uma perspectiva muito utilitária do amor. Só namoro gajos que cheguem à prateleira de cima.