quinta-feira, 22 de outubro de 2009

robotron

Comprei uma gramática para treinar o meu chinês. Afinal não foi preciso, ele percebe os meus gestos.

13 comentários:

Anónimo disse...

andré, ele quem?

juvenal, o anormal disse...

:|

Anónimo disse...

escusas de fazer essa cara, continuo sem perceber, embora agora suspeite que seja um chinês qualquer.

juvenal, o anormal disse...

:|
dude:|
:|

Anónimo disse...

ah

(acho que agora percebi, mas não tenho bem a certeza. na primeira frase parece que compraste uma gramática para treinar a falar chinês, mas pela segunda percebemos afinal que era para tu ofereceres/emprestares a um tipo chinês para ele aprender português... é isto?)

juvenal, o anormal disse...

fala no singular. ou escreves no ípsilon?

Anónimo disse...

nós não gostamos muito do uso do imperativo.

Anónimo disse...

(tens que pedir com jeitinho)

juvenal, o anormal disse...

:|

Anónimo disse...

ah

(acho que agora percebi, mas não tenho bem a certeza. na primeira frase parece que compraste uma gramática para treinar a falar chinês, mas pela segunda parece afinal que era para tu ofereceres/emprestares a um tipo chinês para ele aprender português... é isto?)

O gajo que esclarece... disse...

Tipo... "o meu chinês" as in um animal de estimação. Primeiro ele leva a crer que comprou uma gramática para treinar o chinês (dialecto) mas depois faz ironicamente percebemos que afinal é um tipo chinês que o André tem em casa.

Btw, não te esqueças de o levar a passear logo para ele fazer as necessidades!

juvenal, o anormal disse...

é um chinês muito asseado. já não faz nada fora da caixa de areia.

Lalelilolu disse...

Acho que a perspicácia foi dar uma volta à china e ainda não voltou.